domingo, 15 de julho de 2012

Resenha: "Antes de dormir" (S. J. Watson)

Por Sheila: Christine Lucas acorda confusa, todos os dias. Não sabe onde esta, não sabe quem é esse homem que ressona ao seu lado na cama e, muitas vezes, não reconhece a mulher que vê pelas manhãs no espelho. Todos os dia se assusta, fica confusa. Todos os dias esse homem desconhecido lhe revela ser seu marido, Ben, além de revelar particularidades de uma vida que não parece, de forma alguma, ser sua.

Christine é Amnésica. Por mais que queira, não consegue fixar na memória eventos recentes. Sempre que dorme à noite, esquece tudo o que aconteceu no dia em que passou - e existe uma lacuna de muitos anos em sua memória. Isso faz com que acorde imaginando que possui todo um leque de oportunidades para o futuro - que já é passado, e do qual não se lembra.
Tenho certeza que houve um erro terrível, entretanto não pode ser. A prova esta aqui - no espelho lá em cima, nas rugas das mãos que acariciam o livro à minha frente. Não sou a pessoa que achei ser ao acordar pela manhã.
"Mas quem era essa pessoa?", penso. Quando eu fui esse alguém que acordou na cama de um estranho e só pensava em fugir? Fecho os olhos. Sinto como se estivesse flutuando. Sem esteios. Sob risco de me perder.
Preciso me ancorar em alguma coisa. Fecho os olhos e tento focar em algo, qualquer coisa sólida. Não encontro nada. Tantos anos da minha vida, penso. Faltando.
Mas existe ainda uma esperança. Christine recebe uma ligação de um tal Dr Nash que diz estar tratando sua amnésia, e que havia lhe sugerido escrever um diário ao fim de cada dia para que pudesse construir memórias que fossem só suas. Todos os dias ele liga e a lembra de ler o que já foi escrito, e escrever suas novas descobertas, sensações, fragmentos de memória. Mas tem um pequeno detalhe - Ben, seu marido, não sabe desse tratamento, dos encontros quase que diários com o Dr Nash, nem da existência do diário.

E é aí que as coisas começam todas a se embaralhar. As informações do diário são confusas desencontradas. Ben está mentindo. Ou será o Dr Nash? Realmente foi ela quem escreveu todas as palavras contidas no diário? Como, se não consegue lembrar de absolutamente nada? E as lembranças que teimam em surgir e se insinuar pelas folhas? Serão lembranças verdadeiras, ou forjadas pelo seu subconsciente para preencher as lacunas e o vazio insuportável? O que fazer quando não se pode confiar nem mesmo em suas lembranças?
Sinto que estou ficando louca. Tudo é fluído, tudo é movediço. Penso uma coisa e então, um momento depois, imagino o contrário. Acredito em tudo que meu marido diz e depois não acredito em nada. Confio nele, depois não. Nada parece real, nada inventado. Nem eu mesma.
Gostaria de saber de uma coisa ao certo. Uma única coisa que não precisaram me contar, sobre a qual não precisei ser relembrada.
O livro é narrado em primeira pessoa e divide-se em Hoje, quando Christine acorda e começa a ler seu diário, O diário de Christine Lucas, onde os capítulos são separados por dias e contém o relato supostamente escrito por Christine de seu cotidiano antes que ela durma e volte a esquecer; e novamente o Hoje, onde chegamos ao desfecho da estória.

A trama dá tantas voltas, que mesmo que se desconfie do que pode estar acontecendo, é difícil ter uma ideia clara até que este chegue às últimas páginas que, no meu caso, foram lidas com extrema avidez. Apesar de não ser um tema novo, Antes de dormir é escrito com tal genialidade e é envolvente de tal forma que prende o leitor do início ao fim - e com um final de tirar o fôlego. O suspense das últimas páginas é algo que realmente faz com que os nervos fiquem à flor da pele. Recomendadíssimo.


18 comentários :

  1. Amei esse livro! :D
    Muito bem escrito, realmente, não dá pra imaginar o final antes de chegar às últimas páginas.
    Devorei ele em dois dias, hehe.

    beijos!

    ResponderExcluir
  2. Nunca ouvi falar sobre esse livro, mas o achei interessante. Cara imagina acordar e não se lembrar de nada durante toda uma vida? Tenso.
    Vou procurar por ele, espero que seja realmente bom :D

    ResponderExcluir
  3. Interessante, me lembrei do filme Como se fosse a primeira vez, só que acho que tirando o fato da amnésia não tem nada a ver né?
    Achei interessante, deu vontade de ler com certeza!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Esse livrinho está na minha lista de desejados faz um bom tempo. Mas sabe que havia lido só a sinopse dele??rs
    É a primeira resenha que leio e quer saber???Adorei!!!
    As vezes penso que tenho amnésia..mas em outros momentos, penso que é tudo lerdeza mesmo.rs
    E por tudo que li, foi muito bom saber e angustiante saber que o final do livro é de tirar o fôlego.
    Parabens pela resenha, beijos..

    ResponderExcluir
  5. Nunca ouvi falar desse livro! A capa é bem interessante, e a história em si também. Ainda não li um livro com tema parecido com este, e adoro quando temos a narrativa dos sentimentos da personagem, não simplesmente de seus passos. Fiquei curiosa quanto ao desfecho agora!

    Beijos,
    http://secretsofbook.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. ahhh nao gostei. achei a historia meio manjada (posso estar enganada) e nao me interessei pela leitura. Deus, quantas vezes já vimos situações parecidas em filmes e livros?

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto de livros assim, parece legal!



    Bacio, Selene Blanchard
    Modaeeu.blogspot.com
    Espero sua visita

    ResponderExcluir
  8. Cara, estou muuuito afim de ler esse livro!! Já está na minha listinha, para comprar o mais rápido possível. Me lembrou bastante o filme Como se fosse a primeira vez! Acho que não tem como não associar =D

    ResponderExcluir
  9. Quero muito ler esse livro, fiquei muito curiosa pela história.. como você disse o tema não é novo, mas eu até hoje não li nada do tipo outro que está na minha lista é Deslembrança *-* Obrigada pela resenha, beeijos!!

    ResponderExcluir
  10. Um suspense muito intrigante, amei a resenha, me deixou desesperada pela leitura.

    ResponderExcluir
  11. Quero muito ler este livro!Sim,muito boa a resenha!

    ResponderExcluir
  12. Pelo que li na sua resenha acho que vou adorar esse livro. Gosto muito dessas tramas complexas, em que você não sabe muito bem o que está acontecendo de verdade, até que no final tudo fica bem claro. Entrou na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  13. Realmente o livro lembra o filme mas me parece que o fim é bem mais elaborado...

    ResponderExcluir
  14. Esse livro lembra "Como se fosse a primeira vez"... Mas a temática parece ser mais elaborada, tem todo um mistério envolvendo as lembranças perdidas e que podem nem ser de Christine.
    Esse livro vai para minha lista!

    ResponderExcluir
  15. Muito lindo ver um livro que coloca um tema tão bacana, que mostra o sofrimento , mas tb o quanto alguém está disposto a mudar e a tentar viver de forma diferente e lidar com seus problemas, quero ler ele um dia !

    ResponderExcluir
  16. é bom ? tenho vontade de le-lo, mas tenho medo de me arrepender.

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pela ótima resenha, me deu vontade de ler, achei super interessante, ja estará na minha lista "VOU LER" no skoob, beijos. Sucesso no blog :]

    ResponderExcluir
  18. Nunca havia ouvido façar ou lido algo sobre esse livro, se for único vou lê-lo.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris