terça-feira, 10 de julho de 2012

Resenha: “Delírio” (Lauren Oliver)

Por Juny: Ano passado li “Antes que eu vá” da autora Lauren Oliver e foi um livro que me tocou bastante. Fiquei muito feliz com a publicação de “Delírio”, mesmo sabendo que seria um tipo de leitura bem diferente do outro livro.

Imagine viver em um mundo onde o amor (chamado de “delira”) é a pior de todas as doenças. E que ao completar 18 anos você é submetido a uma cirurgia cerebral para nunca mais poder desenvolver esse sentimento. Essa é a premissa de “Delírio”.
Noventa e cinco dias, e então estarei segura. (...) Mesmo assim me preocupo. Dizem que antigamente o amor levava as pessoas à loucura. Isso é ruim o bastante. A “Shhh” também conta histórias sobre aqueles que morreram por causa de amores perdidos ou nunca encontrados, e isso é o que mais me assusta. É o mais mortal entre todos os males: você pode morrer de amor ou da falta dele.
Lena mal pode esperar pela sua intervenção. Sua mãe foi infectada pelo delira e passou por três intervenções mal sucedidas. E quando estava prestes a passar pela quarta, cometeu suicídio. Isso marcou socialmente para sempre a sua família, e por isso, ela morre de medo de ter pré disposição a doença.
É isso o que Hana não entende, nunca entendeu. Para alguns de nós, não se trata só do delira. Alguns de nós, os mais sortudos, terão a chance de renascer: mais novos, mais frescos, melhores. Curados, inteiros, perfeitos novamente, como uma chapa tosca de ferro que sai do fogo candente, brilhante, afiado. É tudo o que quero – tudo o que sempre quis. Essa é a promessa da cura.
Ela não questiona a filosofia do governo até o dia de sua avaliação. Lena tem as respostas certas decoradas, porém na hora ela acaba dizendo o que sente e deixa os avaliadores preocupados com sua conduta. Tudo estava indo de mal a pior até que um monte de vacas com perucas coloridas e cartazes contra o regime, invadem os laboratórios, geram o caos e com isso todas as avaliações são canceladas. Em meio a confusão, Lena vê um garoto misterioso na galeria de observação e ele pisca para ela.

O governo faz de tudo para abafar o incidente com desculpas esfarrapadas. Após esse fato, Lena descobre que o povo da “Selva” (que vivem nos territórios desregulados) realmente existem.

Em uma de suas corridas com Hana, sua melhor amiga, elas acabam indo parar perto de uma das portarias dos Laboratórios. Lena reconhece o garoto misterioso e descobre que ele trabalha como guarda nessa portaria. Ela percebe que ele tem a cicatriz dos curados. Porém ele mexe muito com seus sentimentos.
A vida de Grace desmoronou por causa de uma única palavra: simpatizante. Meu mundo explodiu por causa de outra: suicídio.

Correção: aquela foi a primeira vez em que meu mundo explodiu.

Na segunda vez também foi por causa de uma palavra. Uma palavra que subiu pela minha garganta e escapou de meus lábios antes que eu pudesse pensar ou contê-la.

A pergunta foi: Quer me encontrar amanhã?
E a palavra foi: Sim.
E a partir disso, a trama fica muito mais interessante. Conhecemos mais do passado de Lena. Começamos a desvendar os mistérios que envolvem Alex. E tudo o que há por trás dessa sociedade perfeita que o governo insiste em tentar manter.

O romance é sublime! Adorei a maneira como a autora descreve a descoberta do amor, como de uma ameaça ele passa a ser a razão de tudo. Não tenho palavras para descrever o quanto gostei das cenas entre Lena e Alex.

É impossível não comparar “Delírio” com “Destino” (Ally Condie). Ambos distópicos, com sociedades totalitárias que determinam com quem você se relaciona. Mas as semelhanças param por ai, há espaço para gostar das duas séries.

Mesmo com um tema e uma narrativa bem diferentes de seu livro anterior, Lauren consegue dar um tom poético em alguns passagens e em meio aos conflitos de Lena as vezes conversa diretamente com o leitor, como se a personagem se justificasse para você. Esses traços do estilo da autora são bem marcantes e interessantes.
Às vezes sinto que se simplesmente ficasse observando o mundo, simplesmente ficasse quieta e deixasse o mundo existir, às vezes, juro que, por apenas um segundo, o tempo congela e o mundo para. Apenas por um segundo. E se de alguma forma fosse possível dar um jeito de viver naquele segundo, eu viveria para sempre.
“Delírio” é uma série que merece ser lida, há toda uma critica social, àquilo que querem nos impor, ao fato de nos privarem de sentir. Gostei muito do livro e estou MUITO ansiosa pela continuação: Pandemônio! Recomendo muito! *-*

21 comentários :

  1. Estou SUPER curiosa pra Pandemonio. rs
    Eu já li "Antes que eu vá", achei um livro muito intenso sabe...não consegui tirar da cabeça a história e só considerei ele até uma parte...a outra, deletei por que foi muito triste. rsrs
    Enfim, Delírio foi uma leitura agradável também, mas não conseguiu me cativar da mesma forma.
    A ideia foi boa, apesar que achei Extremamente parecido com "Destino", faltou mais ação, a principal é sem graça...
    Só espero muito mais do prox.livro, já que o final foi bem agitado.
    Mas a autora escreve com maestria. Mesmo a história não tendo me agradado 100%.

    Resenha bem feita.

    Beijo. =)

    ResponderExcluir
  2. "É impossível não comparar “Delírio” com “Destino” (Ally Condie). Ambos distópicos, com sociedades totalitárias que determinam com quem você se relaciona. Mas as semelhanças param por ai, há espaço para gostar das duas séries."

    Ain, sério?! Que maravilha então! Estava com medo de quando estivesse lendo "Delírio" ficasse o tempo todo lembrando de "Destino"! Estou numa fase distópica, só me interesso por livro assim, às vezes nem sei que é, e só vou ver isso quando reparo bem! hahahaha

    E essa capa? Tem como não observar ela?! FANTÁSTICA! *-*

    ResponderExcluir
  3. Qdo li a primeira sinopse desse livro, fiquei meio assustada.rs Mas depois, foram saindo as resenhas e acabei gostando da ideia. Ganhei o livro recentemente e não vejo a hora dele chegar para ler.
    Acho que será muito bom.rsrs
    Amei a resenha, a capa do livro, e só fiquei triste por saber que vou ficar angustidada esperando o próximo livro.rs

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Amei!
    Eu tou louca para ler!
    ;/

    bejinhos

    ResponderExcluir
  5. Eu pretendo ler o livro sim, a história me interessa. Não gostei muito da capa.
    BJs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Cara, quero ler esse livro! Quero saber como se tira o amor das pessoas?! Como?! hahahah
    A capa é bonita, mas não tenho certeza se chamaria minha atenção, mas quero muito ler esse livro *-*

    ResponderExcluir
  7. Acho essa premissa abordada no livro muito interessante; essa crítica a sociedade e seu comportamento é algo a se refletir.
    Ainda não tive a oportunidade de ler Destino, mas quero muito, assim como Delírio entrou pra lista.

    ResponderExcluir
  8. Aiii! Ainda não li >.< E eu li a resenha e só fiquei com mais vontade >.<
    Amei a resenha! Uma pena não ter lido Delírio ainda >.<
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Quero ler Delírio a um tempo, só de imaginar a ideia do autor. "Vacinação anti- amor"?! Nossa, me apaixonei de primeira. Geralmente a personagem principal é a menos gostada, e é a que os autores mais trabalharam, por que será?

    ResponderExcluir
  10. Comprei esse livro em Inglês e não vejo a hora de lê-lo. Não é a primeira vez que leio uma resenha positiva sobre esse livro, aí só me deixa mais curiosa! :)
    Adorei sua resenha! :D

    Beijos e boas leituras!
    www.desejoliterario.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, Juny!
    Acredita que eu esperava mais?
    Li duas vezes o livro e acabei gostando mais dele quando li pela segunda vez. Achei que a crítica socia foi bem construida e tudo mais, mas o que mais me chamou atenção foi o romance. Acho que só vou saber direito se gostei ou não da série a partir do momento que ler o último livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li, quando saiu a capa fiquei muito empolgada, agora que li a resenha fiquei simplesmente encantada , meu tipo de leitura, estou com ele na lista dos desejos !

    ResponderExcluir
  13. Vou ler concerteza, adorei a resenha, curiosa!

    ResponderExcluir
  14. Eu também li Antes que eu vá e gostei bastante da maneira como a autora escreve, é um beol livro. Essa trilogia parece ser bem interessante mas acho que só vou me animar realmente para ler quando o último livro já tiver sido publicado.

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito da resenha, espero lê-lo em breve!
    A história parece ser bem interessante =)

    ResponderExcluir
  16. o livro parece ser muito bom. Estou esperando o meu chegar mas está demorando e eu estou ansiosa pra ler mesmo. Suas resenhas são otimas. Parabens.

    ResponderExcluir
  17. Sensacional! Ainda não conhecia esse livro, atraves da resenha e dos quotes me apaixonei, vou comprar!

    ResponderExcluir
  18. A historia parece bem legal, gostei desse tema de o amor ser considerado uma doença com cura, bem original e bem interessante principalmente o fato de depois de a protagonista se apaixonar e conhecer o amor ela vai lutar contra todos os seus conceitos no qual foi criada e ensinada e à que todos que conhece pra poder viver com o seu amor,quero muito ver o desenrolar dessa historia, com certeza vou adorar, até pq adoro esses livros q se passam em um futuro meio pós apocalíptico! ^^

    ResponderExcluir
  19. Também vi muitas semelhanças entre Destino e Delírio! A diferença que quase todo o livro Destino é muito chato, só pro final começa a ficar interessante. E, apesar de também não acontecer muita coisa no começo e meio de Delírio, a narrativa de Lauren é mais instigante. E, assim cmo você, fiquei ansiosa pela continuação. Esse final foi muito OMFG =OOOO

    ResponderExcluir
  20. Sei que é uma série muito boa, mas no momento estou tentando minimizar as séries, só aquelas extremamente boas é que estou procurando colocar em lista de leitura.

    ResponderExcluir
  21. Sei que é uma série muito boa, mas no momento estou tentando minimizar as séries, só aquelas extremamente boas é que estou procurando colocar em lista de leitura.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para nós! Pode parecer clichê, mas não é. Queremos muito saber o que achou do post, por isso deixe um comentário!

Além de nos dar um feedback sobre o conteúdo, contribui para melhorarmos sempre! ;D

Quer entrar em contato conosco? Nosso email é dear.book@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris