terça-feira, 31 de julho de 2012

Filme: "Batman- O Cavaleiro das Trevas Ressurge"

Bom, é um pouco difícil começar essa resenha... Porque, hoje eu vou falar de Batman! Hoje eu vou falar do filme que é a sequencia do MEU filme favorito.
Se já é difícil explicar o porquê de eu gostar tanto de “O Cavaleiro das Trevas”, imagina pensar durante quatro anos no filme posterior...

Eu esperei muito por “Batman O Cavaleiro das Trevas Ressurge”. Eu sabia que iria ser um filme grandioso.. Pelo simples fato de ser Batman e também de ser feito por Christopher Nolan (que, aliás, comemorou 42 anos ontem). Para mim, Nolan é o grande nome do cinema atualmente em termos de direção. O cara arrasa! Arrasou ressuscitando o Homem Morcego em 2005 (com “Batman Begins”), arrasou transformando a história dos filmes de super herói ao filmar “Batman: O Cavaleiro das Trevas, em 2008 e arrasa também em qualquer outro de seus complexos e impressionantes filmes (como “A Origem”, “O Grande Truque” e “Amnésia”). Confesso que Nolan vai deixar saudades com seus Batmans...

Enfim, como havia dizendo, esperei muito pelo último filme da trilogia. Eu sabia que seria bom. Quando vi o elenco (além de Christian Bale como Batman, Michael Caine como Alfred, Gary Oldman como Gordon, Morgan Freeman como Lucius Fox, temos Tom Hardy como o vilão Bane, Anne Hathaway como Selina Kayle/Mulher Gato, Joseph Gordon-Levitt como Blake e Marion Cottilard, como Miranda) sabia que viria coisa boa por aí...

Mas eu tentava não criar tantas expectativas ao redor do filme, porque todo e qualquer filme está sujeito a fracassar.
E, analisando todos os fatos, ele iria ser a continuação de um grande sucesso... 
Não seria fácil superar “O Cavaleiro das Trevas”...

Continue Lendo

Indicação: "J.K. Rowling - A biografia" (Hiago Freitas)


Continuando com a programação do nosso especial das "Olimpiadas de Londres", com posts sobre a cultura inglesa, não poderiamos deixar de falar da diva: J.K. Rowling.

Iriamos fazer um breve histórico da carreira dela aqui, porém ontem recebemos o contato do Hiago Freitas, do blog "O Profeta Diário", ele fez um e-book com a biografia da autora! Segue o release:

Continue Lendo

segunda-feira, 30 de julho de 2012

[Minhas Palavras] Tarde Chuvosa



A coluna "Minhas Palavras" apresenta textos originais, de diversos temas, produzidos pela equipe do Dear Book.
Por: Eliel Carvalho, Gastrônomo e Colunista de Gastronomia



Não há nada mais injusto do que ficar dentro de casa sem nada para fazer, tudo por causa de uma chuvinha que não me deixa sair para brincar. Justo em um fim de semana que não tenho que estudar para nenhuma prova e nem lição de casa para fazer.

Só me resta ficar aqui na janela esperando, esperando a boa vontade da chuva parar, afinal ainda tenho uma tarde inteira para brincar. Os minutos se tornam horas e nada, nem ao menos um pedaçinho do céu ameaça ficar azul. Oras, cadê o sol? Estou cansando de tanto cinza nessa paisagem. Que tédio.

Tudo parece tão triste em um dia de chuva, o céu está escuro e a casa já está com cheiro de umidade. Mas, espere, tem algo de diferente no ar, uma movimentação estranha logo ali no outro cômodo. Minha curiosidade infantil logo se agita. Me levanto num pulo e corro até a cozinha.

Vovó, com seu cabelo preso num coque e o avental na cintura, está peneirando duas xícaras de chá de farinha que parece ficar ainda mais leve do que é, não demora muito e nessa mesma tigela ela acrescenta mais duas xícaras de açúcar, duas colheres de fermento e dois ovos, desses pegos diretamente dos ninhos das galinhas.

O que será que ela está preparando? Parece bom. Vejo o sorriso dela enquanto mexe essa mistura que logo vai tomando forma aos poucos, conforme ela vai acrescentando o leite aos poucos. A massa adquire uma consistência firme e ela para de mexer.

No fogo há uma panela que parece estar já bem quente, ela abaixa o fogo. Com uma colher ela meio que pinga essa massa na panela, que pelo barulho que faz só pode ser óleo quente.

Ao seu lado tem uma travessa coberta com papel. Vovó vai mexendo na panela e o aroma vai se espalhando pela casa, expulsando aquele cheiro sem graça de umidade, dando lugar assim a um aroma quente e envolvente.

Pouco a pouco vão saindo os primeiros bolinhos que ela coloca delicadamente na travessa, liberando espaço na travessa para mais uma leva de massa. Não demora muito e a travessa já se vê cheia daquelas delicias.

Desliga-se o fogo, acabou a massa. Vovó polvilha uma mistura de açúcar e canela por cima dos bolinhos e olha para mim com aquele mesmo sorriso e me convida para prová-los.

Ainda estão um pouco quentes, mas não há nada melhor para curar o tédio do que bolinhos de chuva feitos na hora. Deitado no colo de Vovó ouço uma história enquanto comemos os melhores bolinhos do mundo. O tédio? Já não sei onde foi parar, pois com esse sabor e uma boa história eu já não sentia falta de nada.

Continue Lendo

domingo, 29 de julho de 2012

#PROMO 2 anos de Dear Book! - Parte 4

E chegamos ao final da comemoração do nosso aniversário de 2 anos. Espero que tenham gostado do nosso presente ^^

O que queremos com isso? Que todos continuem lendo nossos posts, participando, comentando. É isso que nos motiva a querer fazer sempre o melhor para vocês. Os comentários nos aproximam de vocês, é gratificante ver a opinião de vocês. Muito obrigada! Agradeço em nome de toda a equipe do blog.

E ainda não acabou! Hoje temos a "saideira"! Mais 3 "mini-promos" para fechar com chave de ouro!

Continue Lendo

Resenha: "Samantha Sweet, Executiva do Lar" (Sophie Kinsella)


Sophie Kinsella é um dos maiores fenômenos da nova literatura britânica, faz muito sucesso na categoria "Chick-lit" e sua série mais famosa é "Os delírios de consumo de Becky Bloom"

Por Juny: Se eu soubesse que os chick-lits da Sophie Kinsella são tão bons teria começado a lê-los antes! Sério!

Samantha Sweet é uma advogada, workaholic, que trabalha dia e noite com o objetivo de ser escolhida para se tornar uma sócia do escritório em que trabalha (um dos mais renomados de Londres). Ela é perfeita no faz, porém para isso, deixa de lado sua vida pessoal e vive somente para o trabalho.

Quando está tudo certo, todos já sabem que sua nomeação acontecerá no final da tarde, ela simplesmente encontra um documento no fundo de sua mesa extremamente bagunçada, sobre um empréstimo que deveria ter sido registrado para poder ter direito a seguro, mas ela não o viu antes e já passou do prazo. Ai começa o caos. Ela descobre que essa falha resultou em um prejuízo de 50 milhões de libras.
A Glazerbrooks vai falir. Agora nunca vão fazer uma nova documentação. Nem em um milhão de anos. (...) Perdi cinquenta milhões de libras do Third Union Bank. Parece que estou alucinando. Quero murmurar qualquer coisa, em pânico. Quero largar o telefone e correr. Bem depressa.
Após essa constatação ela foge sem rumo e vai parar em uma cidadezinha do interior. Morrendo de dor de cabeça, ela acaba entrando em uma casa para pedir um comprimido. Porém os moradores a confundem com uma candidata a empregada que veio para uma entrevista. No auge da loucura Samantha acaba concordando com tudo e ainda inventa qualificações. Quando acorda, na casa dos Geiger, ela começa a se lembrar dos desastres do dia anterior e do fato de que aceitou ser uma empregada doméstica!

O maior agravante é que Samantha não sabe fazer absolutamente NADA, não sabe cozinhar, limpar, passar roupas e etc. Ela é uma completa fraude. Mas admira a hospitalidade das pessoas que a acolheram e começa a tentar, sempre jurando que vai contar a verdade no dia seguinte e acabar com tudo isso. Cada confusão que ela faz ao tentar dar conta do serviço doméstico! Essa parte rende boas risadas.

E como todo bom chick-lit, tem romance. Nathaniel é o lindo jardineiro da família Geiger. Ele descobre facilmente que Samantha é uma fraude e passa a tentar ajuda-la.

E agora? Samantha deve tentar recuperar sua brilhante carreira de advogada? Como irá resolver essa confusão de empregada doméstica?

Pode parecer que contei muito da história né? Mas acredite, isso é só uma introdução. O livro é repleto de reviravoltas, cenas engraçadas, romance e até mesmo investigação! Sério! Sophie Kinsella faz um ótimo trabalho nas 510 páginas do livro.

Se você é como eu, um zero a esquerda no trabalho doméstico, é muito fácil se identificar com algumas confusões em que a Samantha se mete. Ela é uma protagonista muito humana, fácil de simpatizar. Só achei ela um tanto incoerente em alguns fatos nos acontecimentos finais.
Minha vida mudou e estou mudando com ela. É como se a velha Samantha convencional e monocromática tivesse se desbotado até virar uma boneca de papel. Joguei-a na água e ela esta se dissolvendo até o nada. E em seu lugar há uma nova eu. Uma eu com possibilidades. Nunca corri atrás de um homem antes. Mas, afinal, até ontem eu nunca havia assado um frango.
Também já passei por trabalhos extremamente estressantes, por isso não foi difícil entender os sentimentos de Samantha, a sensação de libertação, novas possibilidades. (Calma, não virei doméstica também HAUAHAU).

Nathaniel é especial, aquele cara simples do interior, lindo, rústico, sensual e encantador, o sonho de consumo de qualquer mulher. Só achei uma pena não explorar muito as cenas entre os dois, pois a cena da colheita das framboesas foi a MELHOR parte de todo o livro! *suspiros*
E dessa vez ele não se afasta. Dessa vez é de verdade. Suas mãos estão se movendo sobre o meu corpo, minha saia cai no chão, seus jeans estão escorregando (...) E as framboesas são esquecidas, espalhadas no chão, esmagadas sob nós.
Se você quer uma leitura descontraída, com boas doses de romance e risadas, não pode deixar de ler “Samantha Sweet, Executiva do Lar”! Recomendo! *-*


Continue Lendo

sexta-feira, 27 de julho de 2012

[Séries] Sherlock


27 de Julho de 2012, oficialmente hoje iniciam as Olímpiadas de Londres com a famosa cerimônia de abertura. Este ano será mais que especial, pois aparentemente os organizadores da cerimônia irão focar na ampla e famosa literatura britânica (até Voldemort irá aparecer)... E como sou uma apaixonada pela cultura britânica, estou aqui para trazer uma série M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A e prestar de certa forma uma homenagem a um grande personagem da literatura (os meus autores favoritos são britânicos *--*)...

Poderia estar aqui hoje trazendo uma série sobre esportes, mas confesso que não sou fã, mas se procura uma, assista Make it or Break it (ótima pedida)!! Estou aqui hoje focando na Literatura, ou melhor na própria Londres, cenário desta minissérie da BBC...


  
Em 1887 (publicação do 1º romance) nasceu um detetive particular, que ficou mais tarde conhecido por seus casos impossíveis, seu brilhante método dedutivo e sua excentricidade... Sir Arthur Conan Doyle quando escreveu os primeiros mistérios de Sherlock não imaginava a proporção que este personagem tomaria no decorrer dos anos. Sem dúvida, o complexo detetive Sherlock Holmes mexeu com a população, instigou os seus leitores, e foi deveras criticado por seus métodos, algumas vezes bem dúbio... Mas quem não se sente atraído pelos grandes mistérios que Holmes soluciona??

Continue Lendo

Happy Hour #19 - Especial Olimpíadas de Londres 2012


Olá, meus queridos!! Espero que estejam gostando do nosso Especial, hein! Bom, e como não poderíamos fugir à tradição da Happy Hour, hoje teremos uma coluna recheada de informações e curiosidades bem bacanas focadas no evento esportivo mais importante do ano, as Olimadas de Londres!!

Hoje é o grande dia da Cerimônia de Abertura, que será transmitida em canal aberto pela Record às 17h. O encerramento ocorrerá dia 12 de agosto. Fiquem ligados! Estima-se que sejam vistas por mais de 4 bilhões de pessoas. 

Para que vocês curtam ao máximo a Cerimônia, precisam entrar no clima das Olimpíadas. Então, para começar, vamos aos Símbolos Olímpicos. Vou apresentá-los a vocês e, ao mesmo tempo, falarei da presença de tais nas Olimpíadas deste ano. =D

Live Is One - lema das Olimpíadas de Londres, que significa "viva como se fosse o único"

Continue Lendo

quinta-feira, 26 de julho de 2012

[Gastronomia e Literatura] Olimpiadas 2012 Londres


Bom Dia Pessoas,

E para quem não sabe, amanhã é a abertura dos Jogos Olímpicos 2012 em Londres, por isso o Dear Book terá muitas novidades nos proximos dias relacionadas a cultura inglesa e aos esportes.

Para iniciar nosso especial aqui vai uma seleção de receitas inglesas para você acompanhar os jogos de barriguinha bem cheia.

Vamos lá: Primeira Receita: Yorkshire Parking

Continue Lendo

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Resenha "O Mistério do Chocolate"(Joanne Fluke)

Tradução Basílio de Souza

Por Eliel: Devorar o livro deixa de ser apenas uma expressão quando se trata do primeiro volume da série "Hannah Swensen Mysteries".

"O Mistério do Chocolate" vem com uma premissa que envolve assassinato, mistério, sarcasmo, romance, gastronomia e muito, mas muito mesmo, chocolate. Essa é a receita perfeita para agarrar um leitor pelo estômago.
"Havia algo realmente errado com um sistema quando um professor podia ganhar mais fritando hambúrgueres numa cadeia de fast food." 
Hannah, uma confeiteira ruiva, é a protagonista dessa série. Além de cuidar da Jarro de Cookies - a melhor confeitaria de Lake Eden -, escapar das investidas de sua mãe casamenteira, Hannah descobre que tem um "quê" para a investigação. Isso após descobrir o corpo de Ron LaSalle, o entregador de leite, atrás de sua confeitaria.

"Tracey esperou até a porta fechar atrás de sua mãe e depois se voltou para Hannah.
- O que é hiperativa, tia Hannah?

- É só outra palavra para o que as crianças fazem quando estão se divertindo."
Apesar de o título nos levar a pensar que o livro é mais sombrio do que cômico, a narrativa é bem leve, bem ao estilo chick-lit. O desenvolvimento do livro é bem dinâmico, fazendo com que as páginas voem. E uma característica inovadora é que entre os capítulos existem sete receitas de cookies que realmente aparecem na história.

Hannah e todas as outras personagens possuem características bem típicas das pessoas de lugares mais calmos e longes da correria da capital. Porém essas pessoas também possuem segredos o que os tornam possíveis suspeitos.


De modo geral o livro me agradou muito, espero pelo lançamento do próximo título da série: "O Enigma do Morango".

E garanto a vocês que esse livro contribuiu para mais sete receitas deliciosas que em breve estarão aqui no blog. Enquanto isso deixo vocês com o primeiro capítulo da série, clique aqui.


Continue Lendo

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Novidades da Semana #40

Sim. 40. Já estamos juntos há quarenta postagens. Não é lindo?!
Como vocês passaram a semana? Bem? Comprando muuuuuitos livros para ler nas férias???? Eu queria... Mas vamos lá. Vejam comigo o que andou saindo de novo por aí.


Predestinados - Josephine Angelini
Para os fãs assumidos-alucinados de Percy Jackson, a editora Intrínseca veio com um lançamento meio no estilo da saga best-seller. Sim, sim, parece que teremos mais um livro de mitologia nos tempos modernos... Mas será que isso vai dar certo como deu para o Percy? Só lendo.
Sinopse:
Helen Hamilton passou a vida inteira tentando disfarçar o fato de que é uma garota diferente, mas agora, aos dezesseis anos, isso está cada vez mais difícil. Não apenas por causa de sua força sobre-humana ou porque às vezes, sem motivo aparente, pessoas estranhas simplesmente a atacam, mas também porque ela teme que seu juízo esteja seriamente comprometido. Pesadelos recorrentes com uma estranha viagem pelo deserto e a visão de três mulheres derramando lágrimas de sangue a tem atormentado noite e dia. Ao mesmo tempo, um impulso inexplicável, incontrolável, passa a dominar seus pensamentos: Helen... Leia mais da sinopse bem aqui.



Belo Desastre - Jamie McGuire
Confissão inútil: confesso que lembrei do filme da Hillary Duff agora... Lizzie McGuire. Mas essa história promete ser bem diferente. Um mistério ao redor de uma garota misteriosa e - suspirem! - um hot guy do mal, tatuado e musculoso. É para matar, só pode.
Sinopse:
alavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites... Para ler o restante, clique aqui.



Os Deixados Para Trás - Tom Perrota
As histórias de mistério estão em alta, vem chegando mais uma delas. A editora Intrínseca vai lançar Os Deixados Para Trás, livro do indicado ao Oscar de Melhor Roteiro por Pecados Íntimos, Tom Perrota. E o livro é muito bem cotado pela crítica americana, ein!
Sinopse:
O que aconteceria se, de repente, sem nenhuma explicação, pessoas simplesmente desaparecessem, sumissem no ar? É o que os perplexos moradores de Mapleton, que perderam muitos vizinhos, amigos e companheiros no evento conhecido como Partida Repentina, precisam descobrir. Desde o ocorrido nada mais está do mesmo jeito — nem casamentos, nem amizades, nem mesmo o relacionamento entre pais e filhos. O prefeito da cidade, Kevin Garvey, quer acelerar o processo de cura, trazer um sentimento de esperanças renovadas e propósito para sua comunidade traumatizada. Ainda que sua família tenha sido desfeita com o desastre: sua esposa... Clique aqui para ler o restante da sinopse.



O Segundo Suspiro - Philipe Pozzo di Borgo
Então, de coisas francesas eu não entendo nada (nem mesmo perfume, acredite). Portanto não faço ideia do filme em que a história desse lançamento foi inspirada, Intocáveis, mesmo que ele pareça ser famoso. Só que pela capa já dá para perceber que ele provavelmente vai fazer os nossos olhos ficarem marejados.
Sinopse:
Philippe Pozzo di Borgo era um executivo de sucesso e herdeiro de duas tradicionais famílias francesas. Porém, em 1993 sua vida sofre uma reviravolta dramática quando, após um acidente de parapente, ele fica tetraplégico. Na mesma época, sua mulher, Béatrice, enfrenta uma doença terminal. Em meio à dor, Pozzo di Borgo isola-se em sua luxuosa casa em Paris e passa a ter como acompanhante o argelino Abdel, genioso e desinibido com as mulheres - mas que, por trás de sua... Leia o restante clicando aqui.


Espiãs Também Se Enganam (Garotas Gallagher #3) - Ally Carter
Em julho a Galera Record vai presentar-nos com o terceiro volume da série da Ally Carter, Garotas Gallagher (que eu nunca li - desenformada ao quadrado). Mas se você gosta de uma história no estilo de Três Espiãs Demais, pode gostar dessa.
Se vocês nunca ouviu falar de série (como eu), pode conferir a página do Skoob AQUI.
Sinopse:
Em Garotas Gallagher, as meninas mais espertas do mundo aprendem técnicas secretas de espionagem com professores altamente treinados. Desta vez, Cammie Morgan, filha da diretora, vai para Boston visitar sua companheira de quarto, Macey. O motivo é uma grande comemoração: o pai de... Continue a ler a sinopse clicando aqui.



Battlefield 3: O Russo - Andy McNab
Assassin's Creed fez tanto sucesso que agora outros estão entrando na onda de escrever livros baseados nos games. É o caso desse livros. Não me pergunte, eu não sou fissurada nessas coisas (minhas ocupações se resumem à música/ escola / livros) portanto não sei nada.
Sinopse:
Em Battelfild 3: O Russo , os caminhos de Dima Mayaskovsky e do sargento americano Blackburn se cruzam na missão de salvar Nova York e apris da perigosa ameaça de explosões nucleares. Baseado na franquia Battlefield, o romance recria a aventura e ação do game, ao... Para ler restante da sinopse, clique aqui.


Ao Meu Ídolo, Com Amor - Mariana Pereira
Livro nacional na área, pessoas! A autora, super fofa, mostrou para a gente seu livro, que é o primeiro que ela escreve. O título me lembrou de uma fanfic em andamento que eu estou escrevendo... Mas parece ser o completo oposto da minha história: a protagonista é a anti-fã número um do tal ídolo. E isso ainda pode dar pano pra manga.
Sinopse:
Ana era teimosa. Bernardo era mimado. Ana era nervosinha. Bernardo era irônico. Ana era mandona. Bernardo... bem, ele também era! Duas pessoas completamente diferentes, que jurariam de pés juntos nunca namorar a outra, acabam caindo em uma armadilha do destino. Ana Maria Paviani, investigadora, terá de solucionar o mistério que ronda o ator Bernardo Monteiro: o... Você pode ler o resto clicando aqui.


Garras do Grifo - Leandro Reis
Mais um livro do autor brasileiro está pintando na área. Quem já leu algum dos livros dele (diferente de mim) já conhece o estilo de escrita do autor.
Sinopse:
arras de Grifo é uma aventura selvagem, de sofrimento e coragem, na qual a vitória só poderá ser conquistada no fio da espada e com o sangue de heróis. As gêmeas, Alexia e Ingrid, nasceram em uma tribo localizada nas inóspitas savanas bárbaras, onde vivem guerreiros ferozes, criaturas sobrenaturais e deuses antigos. Treinadas sob a espada severa de seu pai, elas tiveram sua força e resistência forjadas no suor e na dor. Contudo, todo o treinamento não as preparou para o maior desafio de suas vidas: A... Continue a ler a sinopse clicando aqui.


Al-Aisha e os Esquecidos - Marcel Colombo
Mais uma literatura pintando por aqui, dessa vez lançada por nada menos que os Novos Talentos da Novo Século. Bom, nós aqui do Dear Book gostamos de apoiar a literatura nacional, então vamos logo ver do que se trata esse livro.
Sinopse:
Como num sopro de dragão, um fantasma surge em seu quarto, surgindo no lugar que você jurava ser o local perfeito e seguro. Mas essa aparição é apenas o começo de longos acontecimentos estranhos que estão por vir. Será que você sobreviveria à queda de uma estranha bola de fogo, que poderia destruir, quase que por completo, a sua cidade? Estaria pronto para descobrir o que existe dentro da destruição e da fumaça que se forma, indo muito além da imaginação de seu mundo? O seu mundo está para se colidir com um outro, e isso poderá... Leia mais aqui.



Despertar (Watersong #1) - Amanda Hocking
A Editora Planeta está divulgando bastante seu novo livro, Despertar, que terá lançamento mundial. A Bienal será palco para ainda mais divulgação desse lançamento, o que será que devemos esperar?
Sinopse:
Na pequena cidade litorânea de Capri, as turistas Penn, Lexi e Thea conseguiram chamar a atenção de todos, seja pelo fascínio ou pela apreensão. Tudo o que se sabe é que por onde passam existe uma energia no ar, algo sobrenatural, e que as garotas estão interessadas em ter a jovem Gemma em seu grupo. Gemma parece ter tudo, é uma nadadora incrível, está começando a namorar seu amigo de infância e se prepara para competir nas olimpíadasno futuro. Aos 16 anos, Gemma sabe que é feliz. Mas quando Penn, Lexi e Thea... Continue a ler a sinopse aqui.



Óculos, Aparelho e Rock'n Roll - Meg Haston
Com essa onda gigantesca de histórias distópicas no mundo literário, fica um pouco difícil achar os nossos YAs levinhos, os chick-lit, etc. Pois no meio de tudo isso surge Óculos, Aparelho e Rock'n Roll, para pessoas que, como eu, ainda gostam dessas histórias fáceis e divertidas. Querem ver mais?
Sinopse:
Super-rigorosa e cheia de estilo, Kacey Simon dita as tendências na escola Marquette. Ela anda com as garotas mais bonitas e populares e tem seu próprio programa de TV no canal do colégio, dando conselhos e explicando para seus colegas a verdade nua e crua — quer eles queiram ouvir, quer não. Mas então uma... Para ler o restante, clique aqui.


Invisíveis - Stef Penney
Mais um na lista dos lançamentos da Editora Intrínseca, e que capa misteriosa! Tal como o livro, como vocês verão. Detetive, investigação e pessoas desaparecidas na mesma história? É comigo mesmo. Então, vamos lá.
Sinopse:
Quando Rose se casou com o atraente Ivo Janko, integrante de uma família de ciganos nômades, muitos se perguntavam o que os dois tinham em comum. Rose é quieta e tímida. Ivo é taciturno, porém carismático. Depois que ela desapareceu, boatos diziam que ela fugira por causa de um filho que nasceu com o problema genético da família. Mas o pai de Rose, Leon, não tem tanta certeza disso. Ele quer saber a verdade e contrata um detetive particular para descobri-la. É aí que entra Ray Lovell, um detetive, que embora pouco renomado, tem a vantagem de ser descendente de ciganos. Lovell... Leia mais bem aqui.

_________________________________________
NOVIDADES


Está chegando o lançamento do livro (que é mais uma paródia, ou algo do tipo) de Gossip Girl, Psycho Killer. Tem alguém interessado em ler?


Dando muito o que falar, a Editora Universo dos Livros postou o título e a capa "definitivos" do livro de J.R. Ward, anteriormente chamado Mistérios Noturnos. O que ela não esperava ou esperava, sim, como eu desconfio... é que as pessoas vissem a "cópia" que ficou de Cinquenta Tons de Cinza, a ser lançado pela Intrínseca (note que o nome do livro também foi modificado, ficando Tons de Sedução). A repercussão foi tanta (e péssima) que a editora comunicou que a capa anterior, juntamente com o título, seriam mantidos. É para acabar, ou não? (Veja o pronunciamento da editora AQUI).
(Fonte)


E a capa do terceiro e último volume de The Infernal Devices (pt: Peças Infernais) foi revelada lá nos States, e, tenho que dizer, FICOU MUITO LINDA. Vocês não acharam? Mal posso esperar para terminar de ler essa série. (livro dois, chegue logo!)

______________________________________

E então? O que acharam? Quero ver todo mundo comentando, ein! Estou curiosa para saber a opinião de vocês sobre os lançamentos, quais querem desespeloucamente... Falem!

E, visto que meus problemas persistem e eu não consigo gastar o tempo necessário na coluna, (e estamos ATRASADOS) eu vou atualizando vocês ao longo da semana.

Continue Lendo

[Minhas Palavras] "O Poder das Palavras"


A coluna "Minhas Palavras" apresenta textos originais, de diversos temas, produzidos pela equipe do Dear Book.

"O Poder das Palavras"

Por: Sheila Schildt, Psicóloga Clínica e Resenhista do blog.


Créditos da imagem aqui
Recentemente andei realizando uma “garimpada” na minha caixa de entrada de e-mails. Procuro sempre fazer isso quando ela ultrapassa a marca – para mim seriamente preocupante – de mais de 400. Não sei por que, mas minha personalidade obsessiva simplesmente não tolera a bagunça que é a caixa de entrada do Gmail. Custava criarem umas pastinhas? Aqueles marcadores não resolvem, continua tudo misturado ....

Pois bem, o que faço é abrir um por um os e-mails, principalmente os com anexo, e então separa-los por categorias, reenviar, excluir os repetidos, os que não mais servem, mas, principalmente, voltar a me emocionar com algumas das mensagens.

É engraçado como podemos deixar de lado tão displicentemente palavras que nos tocam tão profundamente ... várias delas não tinham sido reencaminhadas, o que é uma pena! Quando as releio, minha vontade é sempre compartilhá-las com meus amigos, mas também seria cansativo lotar sua caixa de entrada com dezenas de e-mails que, talvez pela correria do dia-a-dia, não terão a oportunidade de serem lidos e, mais importante ainda, sentidos.

Meu sono não anda muito regular, e acordei exatamente a meia-noite pensando em uma destas mensagens em particular. De maneira resumida, fala de um garotinho que não conseguia controlar a raiva, e a quem o pai aconselha pregar em uma tábua até aprender a dominar o turbilhão de sentimentos. Cumprido o conselho do pai, este mostra ao filho que, sempre que este “martelava” sua raiva tinha a possibilidade de resgatar os pregos, mas não de apagar as fundas marcas impressas.

Isso pode ser perturbador em um primeiro instante. E nós? Quantas vezes num momento de descontrole extremo imprimimos nas “tábuas” que nos rodeiam marcas que nunca mais poderão ser apagadas? Já paramos para pensar que palavras e atitudes podem ferir tanto ou mais do que uma bofetada no rosto? Será que as pessoas conseguem se dar conta de que fazem isso?

Afinal, é muito fácil pedir desculpas, dizer-se que errou, mas nada apagará o dito, ou fará o tempo correr para traz a fim de desfazer o ocorrido. Mas, por outro lado, também podemos pensar nas marcas “positivas” que as palavras imprimem nas pessoas. Por que não? Afinal de contas, também é difícil esquecer a primeira vez que se ouve “eu te amo”, as palavras de consolo quando enfrentamos alguma derrota, ou o simples silencio contemplativo, que ampara e acalma no sofrer.

Engraçado como tudo hoje em dia é taxado de “depressão”. Acaba-se um noivado, perde-se um ente querido, sofre-se funda desilusão e já se está – que tragédia! – com depressão. É incrível como a maioria das pessoas não se permite mais ficar triste e expressar esta tristeza. Falei para uma amiga do quanto uma mensagem que me enviou foi importante, visto eu estar passando por uma fase de elaboração de alguns lutos, e ela ficou muiiiiiiiiiiitoooooooo preocupada.

Não sei vocês, mas eu, sim, fico triste quando a vida parece tomar rumos inesperados, e me faz encarar perdas dolorosas. Choro. Como chocolate. Muito chocolate. Ou não como nada. Fico com vontade de ficar em casa, com aquele moletom velhinho, e assistir um filme comendo pipoca. Ou de deixar o telefone tocar até cair na caixa de mensagem. E sabem por que não me esforço por ser diferente? Por que sei que isso PASSA.

Acredito que muitas vezes as dificuldades pelas quais passamos são oportunidades que a vida nos dá para refletir, amadurecer, e seguir mais fortes para as novas provas que virão, num processo de amadurecimento contínuo. E se as encararmos como fatos banais, sem importância, e que não devem ser sentidos, por mais dolorosos que sejam, talvez estejamos deixando passar a oportunidade de crescer.

Por fim, lembre-se: palavras são poderosas, mais do que você imagina. Talvez seja tarde para desfazer as que causaram mágoas, mas nunca é para voltar atrás e pedir desculpas. Nem para deixar pequenas marquinhas, daquelas “boas”, nas pessoas que são importantes para você.

Continue Lendo

domingo, 22 de julho de 2012

Resenha: "4 de Julho" (James Patterson)

Por Sheila: O livro "4 de Julho" faz parte de uma série de James Patterson intitulada O Clube das Mulheres contra o Crime, sendo o quarto livro da série, motivo pelo qual o relacionamento entre as mulheres que serão citadas - Lindsay Boxer, policial e Chefe do Departamento de Homicídios da Polícia de São Francisco, Claire Washburn médica legista e Cindy Thomas, jornalista - não é aprofundado.

Juntas, as três amigas compõem um clube que tenta solucionar os casos ocorridos na cidade que se mantém sem resolução pela polícia. Este livro, no entanto, irá focar-se mais em Lindsay, que irá enfrentar um duplo desafio: livrar-se de uma acusação de má conduta profissional e tentar solucionar uma série de assassinatos, aparentemente sem sentido, mas que parecem relacionar-se tanto a um caso antigo, quanto ao problema que vem enfrentando nos tribunais.

Tudo começa quando Lindsay sai em perseguição, junto com seu colega o inspetor Warren Jacobi, de um carro suspeito em alguns assassinatos brutais recentes. Após uma perseguição recheada de batidas, esquivas, sumiços e reaparecimentos do carro, os policiais conseguem chegar até os supostos criminosos, que acabam por perder o controle em uma curva e bater, dando a oportunidade de Lindsay e Warren aproximarem-se. No entanto, nem tudo é o que parece.
Lágrimas escorriam pelos olhos do motorista. Foi quando percebi, chocada, que se tratava de uma motorista. Tinha os cabelos rosa curtos e espetados, e não usava nenhuma maquiagem ou piercing. Era uma versão grosseira daquelas punks que povoam as páginas das revistas para adolescentes. Quando levantou os braços, vi estilhaços de vidro sobre a camiseta preta. Seu nome pendia de uma correntinha no pescoço: Sara. (...)

- Droooga ... - bufou Jacobi, enquanto cedíamos ao instinto de prestar ajuda.

Jacobi chamava a ambulância quando a garota levou a mão ao bolso da jaqueta e inesperadamente tirou um objeto que fez meu sangue congelar nas veias.

- Ela está armada! - gritei, um segundo antes de ser baleada.
Um momento sem seguir os protocolos, um minuto de distração, é o que levará Lindsay Boxer ao banco dos réus, além de causar grande comoção na comunidade como um todo e repercussão nos jornais, o que faz com que a policial resolva refugiar-se na pacata cidadezinha de Half Moon Bay, na casa de sua irmã. Acontece que a cidade já não é assim tão pacata: uma série de assassinatos vem assustando os moradores. Qualquer um pode ser a próxima vítima e - pior! - qualquer um pode ser o assassino. Mas é a similaridade com um caso antigo nunca solucionado o que fará com que Lindsay resolva tomar parte nesta caçada, mesmo sabendo que este é o pior momento para se expor.
Quanto mais eu demorava na casa dos Daltry, mais rápido meu coração batia. Eu caminhava pela cena do crime sem a responsabilidade de assumir o comando, o que me provocava uma sensação desagradável, como se as duas mortes não fossem da minha conta e eu nem devesse estar ali. Ao mesmo tempo, eu era impulsionada pelo que Claire disse na noite anterior.

Jake e Alice Daltry, moradores de Crescente Heights, não tinham sido as primeiras vítimas a serem açoitadas. Quem mais tinha passado por aquilo? Seria possível que aqueles crimes tivessem ligação com o caso do Anônimo 24 que eu não conseguira solucionar?
Impulsionada por estas dúvidas, Lindsay começa a investigar por conta própria os crimes ocorridos nas últimas semanas, colocando em risco sua própria segurança, e o julgamento que tenta esquecer mergulhando em um caso que não é seu. O livro tem uma linguagem simples com sentenças curtas e foi muito fácil de ler, consegui terminar em poucos dias. A trama, apesar de bem construída, deixou algumas lacunas. A impressão que tive foi a de que foram gastas tantas páginas explicando e descrevendo os detalhes e, ao desfecho, foi como se tudo houvesse sido explicado aos trambolhões.

Sei que este é um dos autores aclamados do público - a capa do livro diz que é "o autor de suspense mais vendido no mundo" - mas achei bem fraquinho e previsível. No entanto, não deixa de ser um livro interessante para se ler esperando por uma consulta, ou numa tarde chuvosa. Mas esse não entra em minha lista de favoritos. Numa nota de 1 a 10, eu daria um 5. Se mais alguém leu, por favor compartilhe com o pessoal o que achou, ok? 


Continue Lendo

#PROMO 2 anos de Dear Book! - Parte 3

Mês de Julho é mês de festa aqui no Dear Book! \o/ O aniversário é nosso mas o presente é para nossos leitores fieis!


Nessa promoção sortearemos 4 livros para 4 vencedores diferentes. A ordem do sorteio respeitará a ordem dos livros abaixo numerados:

Tema: Chick-lit, Romance

Prêmios:


  1. “@mor” (Daniel Glattauer)
  2. "Malas, memórias e marshmallows" (Fernanda França)
  3. "Mulheres Solteiras Não São De Marte" (Letícia Vidica)
  4. "Separado e daí?" (Renata Rode)

Continue Lendo

Resultado das promoções de Julho!

Confira aqui o resultado das seguintes promoções:


- Todos os livros da série "Diários de Vampiro"
- 3 Kits de "Tempest"

Continue Lendo

sábado, 21 de julho de 2012

[Quadrinhos]: Batman - Para ler


Na próxima sexta-feira chega aos cinemas brasileiros um dos filmes mais aguardado do ano, Batman The Dark Knight Rises, que fechará a prestigiada trilogia do morcego por Christoper Nolan, após apresentarmos aqui o vilão do filme Bane, agora saiba qual os principais quadrinhos do herói que influenciaram o filme e mais que isso são considerados clássicos da literatura.

Continue Lendo

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Ofertas por ai #9

Boa tarde amigas Becky Bloom! Depois de muitos pedidos no twitter sobre a volta da coluna e muita reza para as lojas virtuais colaborarem, eis que estamos de volta ;D HAUAHAU Escondam os cartões de crédito! ;D
Os preços informados aqui valem para o dia da postagem, afinal as Lojas Virtuais os mudam o tempo todo e não nos responsabilizamos por essas mudanças.

Para ver as ofertas anteriores clique aqui.
Clique nos links (em vermelho) para acessar as ofertas. ^^

Ofertas - Menos de R$ 20,00 na Saraiva

Ofertas Americanas


Box e Kits - Americanas


Box e Kits - Saraiva


Percy Jackson por R$ 14,90 - Americanas


Box e Kits - Submarino


 Ofertas - Submarino

- Continuam R$ 9,90 - Não comprou quando divulgamos há algumas semanas? Estava esgotado? Não viu a oferta? Ainda dá tempo: 

SOBRE O FRETE

- Na FNAC fiz alguns testes e consegui "Frete Gratis" a partir de 6 livros de 9,90. 


- Na Saraiva o "Frete Gratis" apareceu com 6 livros de R$ 9,90. Deu certo para o meu CEP (SP - Interior), não sei se funciona para outras regiões.

- Na Americanas, alguns box estão com frete gratis para alguns regiões e com livros consegui o frete gratis a partir de R$ 49,00.

- Tem Saraiva na sua cidade? Durante a compra você pode escolher a opção "Retirar na loja", ai você escolhe a loja mais proxima e retira o livro lá, sem pagar nada de frete. ;D Na Americanas em algumas cidades também há essa opção.

Qualquer problema com os links ou alguma novidade que nós ainda não comentamos nessa coluna ou nas anterior, coloque nos comentários! ;D

Continue Lendo

[Gastronomia e Literatura] Vênus e Adônis

Bom Dia Pessoas,

Que dia é hoje? Na Roma antiga o dia 19 de Julho era dedicado ao casal mais belo de todos, Vênus e Adônis. E aqui está a história desse casal descrita no "Livro de Ouro da Mitologia".

Brincando, certo dia, com seu filho Cupido, Vênus feriu o peito em uma de suas setas. Afastou a criança, mas a ferida era mais profunda do que pensara. 

Antes de curá-la, Vênus viu Adônis, e apaixonou-se por ele. Já não se interessava por seus lugares favoritos: Pafos, Cnidos e Amatos, ricos em metais. Afastava-se mesmo do céu, pois Adônis lhe era mais caro. 

Seguiu-o, fez-lhe companhia. Ela, que gostava de se reclinar à sombra, sem outras preocupações a não ser a de cultivar seus encantos. Agora anda pelos bosques e pelos montes, vestida como a caçadora Diana; chama seus cães e caça lebres e cervos, ou outros animais fáceis de caçar, abstendo-se, porém, de perseguir os lobos e os ursos, rescendendo ao sangue dos rebanhos. Também recomenda a Adônis que tenha cuidado com tão perigosos animais:
 — Sê bravo com os tímidos. A coragem contra os corajosos não é segura. Evita expor-te ao perigo e ameaçar minha felicidade. Não ataques os animais que a natureza armou. Não aprecio tua glória ao ponto de consentir que a conquistes expondo-te assim. Tua juventude e a beleza que encanta Vênus não enternecerão os corações dos leões e dos rudes javalis. Pensa em suas terríveis garras e em sua força prodigiosa! Odeio toda a raça deles. Queres saber por quê? - E, então, contou a história de Atalanta e Hipómenes, que ela transformara em leões, para castigo da ingratidão que lhe fizeram. 
Tendo feito essa advertência, Vênus subiu ao seu carro, puxado por cisnes, e partiu, através dos ares. Adônis, porém, era demasiadamente altivo para seguir tais conselhos. Os cães haviam expulsado um javali de seu covil e o jovem lançou seu dardo, ferindo o animal de lado. A fera arrancou o dardo com os dentes e investiu contra Adônis, que virou as costas e correu; o javali, porém, alcançou-o, cravou-lhe os dentes no flanco e deixou-o moribundo na planície. 

Vênus, em seu carro puxado por cisnes, ainda não chegara a Chipre, quando ouviu, cortando o ar, os gemidos de seu amado, e fez voltar para a terra os corcéis de brancas asas. Quando se aproximou e viu, do alto, o corpo sem vida de Adônis, coberto de sangue, desceu e, curvando-se sobre ele, esmurrou o peito e arrancou os cabelos. 
Acusando as Parcas, exclamou:
 — Sua ação, porém, constituiu um triunfo parcial. A memória de meu sofrimento perdurará, e o espetáculo de tua morte e de tuas lamentações, meu Adônis, será anualmente renovado. Teu sangue será mudado numa flor; este consolo ninguém pode negar-me. 
Assim falando, espalhou néctar sobre o sangue e, ao se misturarem os dois líquidos, levantaram-se bolhas, como numa lagoa quando cai a chuva, e, no espaço de uma hora, nasceu uma flor cor-de-sangue, como a da romã. Uma flor de vida curta, porém. 

Dizem que o vento lhe abre os botões e depois arranca e dispersa as pétalas; assim, é chamada de anêmona, ou flor-do-vento, pois o vento é a causa tanto de seu nascimento como de sua morte.

E para acompanhar esse breve romance, temos uma receita no mínimo exótica, porém de sabor único - Risoto de Romã com Alho-Poró.

Continue Lendo

quarta-feira, 18 de julho de 2012

#PROMO 2 anos de Dear Book - Especial Carlos Ruiz Záfon

Mês de Julho é mês de festa aqui no Dear Book! \o/ O aniversário é nosso mas o presente é para nossos leitores fieis! Nessa promoção sortearemos um kit com 2 livros para 1 vencedor.


Tema: Carlos Ruiz Záfon
Prêmios:
 
"A Sombra do Vento" + "O Prisioneiro do Céu"

Continue Lendo

Resenha: "Sábado à Noite" (Babi Dewet)

Por Carine : Sábado à Noite, ou SAN, como é carinhosamente chamado na rede, foi publicado pela autora Babi Dewet com a ajuda dos amigos. Como estudante de editoração, considero muito bom que, atualmente, seja bem mais fácil publicar um livro sem a ajuda de uma editora.

Procurando maiores informações na net, descobri que a autora conseguiu publicar uma nova edição pela Editora Generale e que esse será o primeiro volume de uma trilogia. Essa nova versão já está à venda.

Esta história originou-se de uma fanfic (para os que não conhecem o termo, trata-se de uma ficção criada por fãs.) da banda britânica McFly. Segundo minhas pesquisas, essa fanfic, teve tantos acessos e seguidores que a autora resolveu produzir e publicar o livro.

Bem, vamos a resenha: os personagens são meninas lindas e populares e meninos encrenqueiros e fãs ardorosos de música. O pano de fundo é o mundo adolescente com suas descobertas, medos, erros e acertos.

Carol, Guiga, Maya, Anna e Amanda formam o grupo das meninas. Elas são jovens, lindas, fúteis e divertidas. Na escola são as mais populares, invejadas pelas outras garotas e desejadas pelos rapazes. Bruno, Daniel, Rafael, Caio e Fred, formam o grupo dos marotos, os garotos considerados perdedores na escola por não ligarem para as opiniões da maioria, se vestirem e portarem da maneira que querem e por estarem sempre metidos em confusão.
"Olhou para fotos em seu mural pendurado na parede. Tinha uma delas com suas amigas. Sorriu. Eram todas lindas e tão felizes."
Amanda é amiga de infância de Bruno, entretanto, na escola, eles se evitam em nome da popularidade, afinal ele é um maroto e ela uma das mais populares. Inicialmente, pensamos que Bruno e Amanda se envolverão amorosamente, mas isso não acontece. Descobrimos então que a paixão de Amanda é Daniel e os demais meninos do grupo dos marotos também terão relacionamentos com as amigas de Amanda.
"Bruno era do mesmo ano que Amanda, mas de uma turma diferente. Costumavam ir para aula juntos desde pequenos e, às vezes, ainda mantinham esse ritual - mesmo cada um tendo sua turma e sua vida. Amanda não se dava muito bem com alguns dos amigos de Bruno e, do outro lado, ele achava algumas de suas amigas muito fúteis."
Amanda gosta de Daniel desde que ele entrou na escola, entretanto, na época, sua amiga Guiga, também se apaixonou pelo rapaz, assim ambas resolveram esquecer essa paixão para manter a amizade. Elas fazem um pacto de que nenhum rapaz as separará. Devido a isso, Amanda deixou essa paixão adormecida.
"Amanda ainda achava que Guiga nutria algo por Daniel. E por causa disso, evitava ficar perto dele o máximo que podia. Afinal, primeiro amizade e depois garotos. É a regra."
Na escola em que o grupo estuda, o diretor resolve organizar bailes aos sábados à noite. Neste baile uma banda animará a festa. A banda contratada, denominada Scotty, é formada por quatro rapazes mascarados. Nem preciso dizer quem são os rapazes né? Eles fazem o maior sucesso e despertam a curiosidade de toda a escola.

"Finalmente o dia do tão esperado primeiro baile tinha chegado! Era sábado à noite. Todos do colégio estavam ansiosos para saber quem eram os tais Scotty que iriam tocar."
A reviravolta acontece quando a professora de Artes resolve passar um trabalho em duplas, e Amanda terá que trabalhar com Daniel. Com o trabalho eles ficam mais próximos e a paixão ressurge. A menina tenta resistir mas não consegue. Eles se envolvem mas ela o convence a deixar tudo em segredo e isso causa muito conflito e confusão para eles. Ambos sofrerão muito até Amanda descobrir que Guiga está em outra.
"Será que ela tem vergonha de mim? Porque ela pode ser vista com todos os caras do colégio e comigo não?"
Todos os conflitos que envolvem o casal são causados pela falta de conversa entre ambos, de forma que Daniel resolve se comunicar através da música, ele escreve tudo o que quer falar para a menina e canta com toda a emoção aos sábados à noite. Para Amanda, tudo era muito estranho, afinal todas as músicas que o grupo cantava pareciam estar relacionada diretamente com ela e seu amor e isso a confundia muito. Ao mesmo tempo em que essa história se desenrola, acompanhamos a trajetória dos outros casais da trama.
"Yeah, yeah
Eles dizem que sou um perdedor

Mas garotas assim são tão cruéis

Elas não sabem o que guardo aqui dentro

Têm essa visão velha e antiga

Mas o meu miojo é tão gostoso

Que conquistou sua melhor amiga.


Amanda se sentiu pessoalmente tocada com a letra da música. Olhos pras amigas e viu que elas também estavam assim. Chocadas. Como que podiam descrever tanto o relacionamento delas com... com algumas pessoas na escola?"
Nova capa
Sábado à noite, com certeza, cativará os adolescentes, principalmente as meninas, afinal a história é muito romântica e há várias menções ao universo dos jovens adolescentes brasileiros. A leitura é divertida e leve.

Há inúmeros diálogos o que faz com que a leitura seja muito rápida e fácil. No início ficamos muito confusos com a quantidade de informações que são passadas e é só com o desenrolar da história que vamos identificando um a um os personagens e suas características.

Por tratar-se de uma história cujos personagens principais são adolescentes, senti falta da figura dos pais, que quase não aparecem. Em seu blog, a autora explica a ausência das figuras paternas e dá maiores informações sobre os personagens, entretanto, no livro, ficou essa lacuna e senti falta de adultos guiando e orientando melhor esses jovens.

Tenho certeza que aqueles que gostam de uma boa história de amor entre adolescentes, curtirão muito esse livro.

Continue Lendo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Layout de Giovana Joris